A Amizade é um Amor que nunca morre!

Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

 

Passaram, a noite a trocar mensagens escaldantes:
 
Ela: Quero fazer amor contigo
Ele: Também eu, muito, mas hoje não dá, mas amanhã quero e bem cedo, podes?
Ela: Para ti posso sempre
Ele: E o que me vais fazer?
Ela: Tudo. Quero ir para o duche contigo, quero esfregar-te, quero que me esfregues, quero passar a minha língua pelo teu corpo molhado, saborear-te
Ele: hummm, eu quero isso tudo e também eu quero lamber-te todinha como tu gostas
Ela: Estás a deixar-me doida
Ele: E tu estás a deixar-me cheio de tesão
Ela: È bom saber que te provoco tanto tesão, mas ainda não viste nada
 
E assim foi pela noite dentro, com as mensagens a ficarem cada vez mais quentes e atrevidas. No final:
 
Ela: Dorme bem e sonha comigo
Ele: Tu também
Ela: se conseguir dormir de impaciência à espera que chegue amanhã
 
A noite passou com a velocidade normal mas para eles parecia que nunca mais acabava.
Logo pela manhã, novas mensagens:
 
Ela: Bom dia
Ele: Bom diaaa
Ela: E??
Ele: Quando podes vir ter comigo?
Ela: Agora!!!! Onde??
Ele: Então vem! Já estou à tua espera
Ela: Onde?
Ele: No………………..
 
Ela saiu disparada, com a impaciência contida durante a noite, apontou o carro para o lugar combinado.
O coração acelerou quando o viu, sorriu-lhe. Abraçaram-se, beijaram-se uma e outra vez e rumaram ao seu ninho de amor. Saíram do carro e logo ali nas escadas, à porta, sem entrar, começaram a dar largas à paixão, ao tesão acumulado, até que ela quase já em delírio lhe diz: “ vamos entrar?” Sobem então as escadas de mãos dadas e sempre com um beijo a espreitar. Entram no quarto e ele deita-a de imediato, ainda vestida, em cima da cama, deitando-se sobre ela e começando a beijá-la com sofreguidão, com paixão, com desejo. Começa a explorar o corpo dela mesmo por cima da roupa e começa então a despi-la lentamente. Ela começa também, ao mesmo tempo a despi-lo e peça a peça começam a cair no chão. Ela entretanto fica de gatas em cima da cama a vê-lo nu à sua frente, em todo o seu esplendor, notando-se bem todo o desejo que ele tinha por ela e todo o tesão que ela lhe dava! Ela não resistindo, começa logo ali a acariciar o membro dele, viril, para logo de seguida começar a beijá-lo, a passar a sua língua por ele ao mesmo tempo que começa a ouvi-lo gemer de prazer enquanto ela sentia todo o seu sabor...
 
(continua)...

 

sinto-me: a ficar....
publicado por desabafos_da_Ana às 16:07
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
13
16

17
19
21
22
23

24
25
27
28
30

31


últ. comentários
Obrigada, uma Boa Páscoa para ti tambem. Um beijin...
Olá amiga Ana . parabéns pelo bom gosto na escolha...
Olá grande Amigo, fico feliz que tenhas gostado. E...
Olá! Venho só dar-te os meus parabéns pelo bom gos...
Obrigada Mano, acertaste no dia mesmo em cheio, fo...
Olá minha querida amiga. Só hoje encontrei o teu c...
Meu querido Mano e Grande Amigo, que saudades. Est...
É um poste de alguém que sempre soube o que quer e...
Obrigada! Sabes este post nao é sobre o amor, é so...
Muito poderoso o teu texto sobre o amor. Há nova p...
mais sobre mim
subscrever feeds